10 março 2007

Sabadaço

Olhando ao horizonte
Viajo constantemente
Por além das fronteiras
A lugares que talvez nunca irei
Sonhos que nascem
Sonhos que morrem e desaparecem
Sonhos mortos que insistem em voltar
Situações que gostaria que fossem reais
Como se a realidade fosse possível
Ou se o irreal tornar-se real
Andando por aí
Imaginando possibilidades
Recusando outras que ainda não ocorreram
Tentanto ser feliz
Tentando ser HUMANO.

Nenhum comentário: