28 junho 2007

Palavras

Complicado estabelecer em palavras convicções entendíveis e didáticas.

Por vezes falamos ou escrevemos e o retorno sai enviezado.

Não somente se preocupar em posicionar as palavras, mas sim focar se o ouvinte/leitor a compreende.

O Mestre de Nazaré é campeão em mistérios.

Penso eu que suas parábolas são totalmente incompreendíveis para a época.

Neste quesito, como Ele mesmo salienta, o Espírito revelou a interpretação/ compreensão àqueles que "caiam as fichas".

O Homem de Nazaré sempre respondeu aos seus algozes com respostas simples e de caráter reflexivo.

Contrário as boas e bem colocadas palavras, estão as de calão mais baixo.

Se encontram na boca de muitos, todos diria eu, em circunstâncias alternadas.

Não deve ser assim, disse Tiago, da mesma fonte proceder água doce e amargosa.

Fala sério, como vejo dia após dia a inconstância humana, a começar em mim.

Deste ânimo dobre, resta a esperança nas misericórdias Divinas.

E é claro, a iniciativa primeira, de seguir sempre os passos do Mestre, a saber, Jesus Cristo.

26 junho 2007

Sozinho

Estar só é mais que simplesmente não ter pessoas ao redor.

Claro que ninguém por perto configura-se também estar sozinho.

A solidão a que me refiro é quando, por mais que tenha muitos ao redor, a pessoa sente-se só.

Esta, ao meu ver é uma das piores e melhores.

Piores pois pode ser início de patologias complicadas como a depressão.

Melhores haja vista a pessoa começa a olhar mais para dentro de si e isto pode vir a gerar uma mudança majorada.

O Mestre disse que nunca estaríamos sós, e que Ele estaria conosco até o fim dos tempos.

Verdade seja dita, a presença de Jesus é intensamente procurada desde os prímórdios do cristianismo.

Sentir-se sozinho talvez faça nascer dentro da alma/coração algo melhor.

E com a certeza do Mestre conosco, mais ainda.

25 junho 2007

Prêmio e Machucados


Fui indicado ao prêmio...
Agradeço primeiramente a Deus, meus pais, familiares, amigos
e a Lou, o grande líder da Gruta.
Como sou chato e gosto de fazer diferente, indico somente dois.
O Lou de novo, é claro ( http://www.lhmbrasil.com.br/blog/ )
E o jovem pastor batista Cleinton, meu novo amigo ( http://cleintongael.blogspot.com/ )
_______________________________________________
" Há algumas machucados que são tão fundos que serão eternos"
Frodo em O Senhor dos Anéis - O Retorno do Rei.
A dor realmente nos leva mais longe.
Perseverar traz consigo diversos frutos, dentre eles a paciência.
Gosto muito desse filme e da lição de não desisitirmos.
Além é claro da fidelidade uns para com os outros.
Nesta semana desejo a ti e a mim, Força.
Para passarmos por cima dos machucados e seguirmos em frente.
Ainda que pareça não estar mahucado, acredite, alguma ferida há.
Afinal, ser humano, é também carregar consigo algumas marcas.

22 junho 2007

Atualidades

Vivemos em uma época que beleza, dinheiro e superficialidade é que comandam.

Não nos relacionamos com pessoas feias.

Por conseguinte, pobres não tem vez.

Finalizando, os relacionamentos não se aprofundam mais como antes.

Perdemos o rumo, diria eu.

Tenho dúvidas quanto ao que o Messias/ Cristo queria dizer com "o amor de muitos se esfriará".

Pensou eu que é o amor relacional, amor-próprio, ao próximo.

Haja vista se for o amor a DEUS, estaria inerente a salvação, o que tenho crido (fui ensinado assim) que uma vez salvo, sempre salvo, é irrevogável, não há como abandonar a salvação.

Se for no primeiro caso, está se cumprindo, amamos cada vez menos e quando nos entregamos, fazemos isso de uma forma doente e sem nenhum preparo seja espiritual ou sentimental.

No segundo, podemos dizer que também se cumpre.

É uma época de evangelização em massa, e que quase na mesma medida que "alcançamos" as vidas, elas se esvaem e se perdem como as sementes da parábola.

Amar seria a solução.

Como a volta de Jesus tão iminente, e com tudo que ocorre diariamente, seria mais cômodo cruzarmos os braços e não nos posicionarmos.

Então correríamos o risco de ser rejeitados pelo Mestre, dizendo "Apartai-vos de mim."

Paradoxos.

Somos assim, constantemente inconstantes.

19 junho 2007

Personalidade

Em termos de personalidade existem várias teorias.

A que o meio influencia a pessoa.

De que até os quatro anos toda a personalidade está formada.

Que grande parte dela, já nasce determinado conforme os genes dos pais.

Há inclusive a do cristianismo, que afirma que esta pode ser moldada a partir de um encontro pessoal com o Salvador.

Creio parcialmente em todas estas.

Tenho em mim um pouco do meio em que vivo, dos meus pais, do que me foi ensinado quando criança e dos moldes através do Cristianismo.

É um mistério, mas vejo algumas pessoas com algo pré-determinado, melhor dizendo, uma facilidade a mais, de ser ou fazer determinada conduta ou personalidade.

Ouvi dizer que personalidade é quem somos perante os homens e caráter quem somos perante Deus, é bonitinho esse discurso, mas não sei qual o embasamento para tal.

Se tratando de vícios de personalidade, aí é que a coisa pega.

Como se tratar isso?

É incontestável que todos o possuem, em maior ou menor grau e situação.

A resposta está posta, a saber, o Cristo Jesus de Nazaré.

O problema, penso eu, é que Ele tem misericórdia de quem quer ter misericórdia.

E neste aspecto misterioso, vivemos sempre buscando NEle ou em alguem/algo aquilo que entendemos ser a solução para nossos problemas.

Não sei bem de muita coisa, sou só um menino.

E em minha personalidade, há muito que deve ser valorizado e muito mais que deve ser descartado.

17 junho 2007

Ao menos tente

Aqui...

Os fortes chegaram;

Os fracos caíram;

E os covardes nem tentaram.


(autor desconhecido)

16 junho 2007

Imprevisto

Ontem caí de gaiato num lugar. Era uma festa de aniversário.

Na hora da mensagem, os "irmãos profetas" (um casal) falaram de tudo.

Era um casal abençoado, e dentro de seu contexto de vida agradeço a DEUS por eles.

Desde o nascimento deles foi-nos explicitado toda a vida.

O que mais me intrigou não foi o fato de falarem alternadamente por mais de uma hora (nesta festinha casual de aniversário).

Mas sim os papos que rolavam, tipo, lutas contra as potestades do mal, a tentação do inimigo, o inimigo se levantou, o inimigo destruiu, a vitória Divina, a prosperidade, a busca intensa ao espírito santo, as profecias, milagres, revelações, curas e dons claro, os de língua.

Ou eu to muito longe do cristianismo, ou ouvi muitas besteiras em tanto pouco tempo.

E acredite, uma hora e pouco durou uma eternidade.

O engraçado é que um amigo meu, ao passo que o senhor tomou a palavra de sua digníssima esposa dizendo que largara da bebida, brincou em relação a bebida.

Tivemos que sair mais cedo da festa por haver outro compromisso, aleluia.

Uma ligação ao cair da noite, a irmã profetizou que meu amigo iria "cair" na bebida.

Quase morri de tanto rir.

Na realidade há alguns erros acerca do que entendem ser profecia por aí.

Conheço meu amigo, e sei que essa definitivamente não faz parte de seu rol de fraquezas.

Tampouco se não tivesse brincado com a situação, não haveria a revelação divina da parte dela.

Talvez eu esteja longe do Divino, a ponto de ser mais racional que "super-espiritual".

Ou quem sabe, esse seja o caminho correto do que entendo ser o culto racional a DEUS.

Essas coisas sempre acontecem comigo....

No mais, devemos seguir em frente..

Rumo a busca intensa pelo espírito, prosperidade e vitória contra satanás, digo, rumo a Cristo Jesus o Senhor.

15 junho 2007

Memórias de um Grutense

"Para encerrar, eu não guardei a fé porcaria nenhuma. Fraquejei o tempo todo. Ao invés de acrescentar uma fé a outra, desfiz uma fé com outra incredulidade posterior. Minha fé, que nunca foi lá essas coisas, se é que existiu algum dia, só diminuiu com o passar do tempo. As únicas coisas que guardei comigo foram: a covardia, a insegurança e a dúvida. Se a história de Jesus não for verdadeira, eu estou bombardeado."
Lou Mello em Vida Tristã.



Como não to inspirado, vai algo que vale pra mim, pode valer pra você...

Leia o texto na íntegra clicando no título acima...

14 junho 2007

:(

Algo que fala de mim hoje, mais do que eu poderia dizer:



Lembra-te pois donde caíste,

e arrepende-te,

e pratica as primeiras obras;
Apocalipse 2:5

12 junho 2007

Teísmo

Tenho crido no Teísmo Aberto, pregado por homens como Kivitz e Gondim.

Deus como mistério, Ele é O Mistério.

Realmente não dá para engolir que é a vontade Divina o fato de alguns não raros casos de dor e sofrimento humanos, como a miséria e guerras por aí.

Isso somente reafirma a Soberania Divina, que Deus no ínicio, criou com os céus e a terra as leis que regem o Universo.

Como por exemplo a da semeadura, que é livre, mas que não exclui ninguem de colhê-la.

E em regra geral, o que é válido, são Suas leis coordenadoras e que estamos sujeitos.

Claro que nisso Deus age como mistério, pode vir a curar alguem, a realizar milagres.

Mas nunca por favorecimento a ninguem, seja povo, raça, etnia, religião, e sim pela vontade Divina e também pelo quesito fé.

Acabou a época do velho testamento, hoje o que é válido é que Deus purificou àqueles impuros e a graça se estendeu a judeus e não-judeus.

Além do mais a própria escritura afirma que é a vontade de Deus que todos sejem salvos.

Como então Ele escolheria uns em detrimento de outros !?

Quero crer que pessoas podem sim chegar ao pleno conhecimento da verdade.

E que Deus as quer perto DEle.

Quero crer que pregar o evangelho não é só para despertar os já escolhidos à salvação.

Mas sim que a palavra de Deus pode mudar toda e qualquer vida e ser que respire, através da mensagem do filho de Deus.

Que tira o pecado do mundo, e liberta os encarcerados da prisão.

Deus seja conosco!

11 junho 2007

Começo

Semana começando.

Expectativas renovadas.

Somos tendeciosos a jogar para a segunda o ínicio de nossos planos.

Eis aqui..

Segunda feira.

Para nós contemporâneos, o primeiro dia da semana.

O regime/ dieta começa hoje.

Hoje começamos a estudar.

Agora é que aquela meta será cumprida.

E por aí vai...

Academia, emprego, namoro, casamento, atenção aos filhos, prioridades...

Sei que meus textos são bem superficiais.

O fato é que ainda não descobri a fórmula de aprofundar-me mais em algo.

E peguei gosto pela escrita, ainda que bem sucinta, como é.

Nesta segunda, quero tudo diferente, também.

Um ínicio, talvez de um novo tempo.

Sei que na maioria das vezes adiamos para a próxima segunda.

Mas não custa sonhar.

E quem sabe, tentar.

Um bom ínicio de semana para ti, para mim, para nós.

10 junho 2007

Depressão

É um estado patológico considerado por muitos como o mal do século.

O sentimento de perda e de fracasso tomam conta do viver.

O coração fica tão apertado que chega a ser uma dor física sufocando a pessoa.

Geralmente não dá vontade de fazer nada, nem ver ninguem, só de estar trancafiado.

As lágrimas caem a todo momento, e ainda quando não há mais lágrimas, a dor continua a apertar o peito.

A cura seria o amor-próprio dizem uns.

Arrisco-me a "jogar" a cura a uma pessoa.

Jesus Cristo, o único que morreu, ressuscitou e vive, aos céus com o Pai.

Ele disse: Venham a mim, .... , e Eu os aliviarei.

Neste estado a única coisa que se almeja é o fim da dor.

Esta é a porta de entrada para as drogas, prostituição e suicídios.

Perceba que isto não é algo que é raro.

Arrisco-me de novo e digo que mais de 60% da população tem ou ja teve depressão.

Jesus Cristo derrame misericórdia e graça a todos que estão deprimidos.

Para que voltem a ter vida, e vida em abundância.

Somente em Cristo Jesus o Senhor está a cura.

08 junho 2007

Nada

Aqui o link do que deveria ser dito hoje.

http://www.baciadasalmas.com/2007/nada/


Aprecie o silêncio das palavras escritas.

06 junho 2007

Não é sacrifício

Realmente servir a Cristo não é sacrifício.

Entendo ser obediência, e como as escrituras relatam, não o é pesado.

Um dos fatores determinantes é o discernimento acerca da vontade Divina.

Compreender aquilo que se vive e se prega se faz necessário para uma melhor desenvoltura nas adversidades e situações da vida.

Como bem disse Paulo toda a escritura é Divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, redarguir, corrigir e instruir em justiça ( 2Tim 3:16).

Seguir ao Cristo Senhor tem implicações pessoais muito importantes.

Nossas vidas, ainda que em caminhos tortuosos, começam a andar pelas veredas da justiça.

Nossas almas, ainda que em vales de morte, recebem o refrigério.

Nossas dúvidas, ainda que imbuídas de certezas, são moldadas em Cristo O Senhor.

Ainda que minha vida não seja um bom espelho nem para mim mesmo ou para você.

Creio que neste caminhar, a Misericórdia e a Graça Divina alcançam miseráveis maltrapilhos como eu.

Como disse um amigo, "ainda que eu esteja no inferno, lá será/ se transformará em céu, pois Cristo mora em mim".

Por falar em amizades, louvo ao Senhor pois algumas pessoas, quando veêm outras em adversidades, se levantam e se mostram amigos mais chegados que irmãos.

Glória a Deus pelos meus amigos, que são tão poucos, que com a ajuda, fidelidade, amor e compaixão me conquistam, ajudam e tem meu maior respeito e consideração, amo meus amigos.

E também amo a todos que me odeiam, me acham insuportável, se metem na minha vida sem serem chamados e fofocam adoidado do que não é da conta deles, também os amo, na mesma proporção que meus amigos.

Cristo em ti, de tal maneira que não viva mais vós, mais Ele em ti.

São meus votos para nossas vidas.

05 junho 2007

Aprendendo com os cães*

Se um cachorro fosse seu professor.

Você aprenderia coisas assim:

Quando alguém que você ama chega em casa, corra ao seu encontro.

Nunca perca uma oportunidadede ir passear de carro.

Permita-se experimentar o ar fresco do vento no seu rosto.

Mostre aos outros que estão invadindo o seu território.

Tire uma sonequinha no meio do dia e espreguice antes de levantar.

Corra, pule e brinque todos os dias.

Tente se dar bem com o próximo e deixe as pessoas te tocarem.

Não morda quando um simples rosnado resolve a situação.

Em dias quentes, pare e role na grama e deite debaixo da sombra de uma árvore.

Quando você estiver feliz, dance e balance todo o seu corpo.

Não importa quantas vezes o outro te magoa, não se sinta culpado,

volte e faça as pazes novamente.

Seja leal.

Nunca pretenda ser o que você não é.

E NÓS PRECISAMOS APRENDER ISTO COM UM ANIMAL QUE,DIZEM, É IRRACIONAL...

*Autor desconhecido.

03 junho 2007

O Médico

Respondendo-lhes Jesus disse: Não necessitam de médico os que estão sãos, mas, sim, os que estão enfermos. Eu não vim chamar os justos, mas, som, os pecadores, ao arrependimento. Lucas 5:31, 32.

Parte do que escrevo ouvi hoje, outra imbuído do Espírito.

Os fariseus se escandalizaram ao ver Jesus comer e beber com pecadores, a saber, párias sociais, leprosos, coletores de impostos, etc..

Mas firmemente Jesus se posicionou e escancarou a partir daqui seu ministério.

Veio para sarar as feridas dos doentes, prescrever o remédio correto para a vida em abundância, Ele mesmo, Ele é a Cura, o Médico, o Salvador.

Vinde a mim, disse Jesus.

Tratar-se com o Cristo implica primeiramente em posicionar-se, crer NE'le.

O mérito também é exclusivo do Médico, o Médico dos médicos, Jesus.

Por conseguinte, temos que após crer NE'le, ir a E'le.

Colocar, depositar em Cristo Jesus o Senhor a confiança de que NE'le sararemos.

O tempo de tratamento, E'le sabe.

O fardo, o dE'le é leve.

O alívio, E'le o dá.

Que em Jesus Cristo eu e você possamos ter a certeza que sendo doentes, E'le tem a Cura.

Se não é o seu caso, Jesus não veio para você, mas para aqueles.

Coloco-me na posição de doente, e espero em Cristo a cura de minhas falhas e dores.

Se é o seu caso, junte-se a nós.

E'le é bom, e suas misericórdias duram para sempre.

Jesus de Nazaré = O Médico dos médicos.

E quer nos tratar....

02 junho 2007

Buscar

Porque todos buscam o que é seu, e não o que é de Cristo Jesus..Filipenses 2:21.

E isso acontece com todos, inclusive esta palavra é destinada à igreja, aos cristãos.

Carpe Diem, é nosso lema.

Estudamos e trabalhamos ao extremo para conseguirmos ter mais dinheiro e por conseguinte a felicidade e conforto.

Vai andar por aí fora dos moldes da sociedade para ver.

Principalmente nesta era, a do consumismo desenfreado e supérfluo.

Quando escrevo essas coisas, destino-as primeiramente a mim e quem vier aqui depois é obra do Divino.

Preciso aprender a buscar as coisas do alto, do Pai das Luzes, fazer a vontade DE'le, obedecer seus mandamentos.

Às vezes parece que faço tão pouco pelo Reino.

Quero muito ser diferente nesta área, também.

De ínicio, sei que preciso esvaziar-me de mim, para que Cristo em mim o faça.

Por onde tenho andado, e em tudo que tenho feito, não consigo parar de sentir o que os apóstolos sentiram:

Para quem iremos nós? se só tu tens as palavras de vida eterna...João 6:68