30 dezembro 2008

2009

Não sabemos com será o ano porvir.

Mas sabemos que serão novas lutas (ou as mesmas!?).

Novos dias, novas semanas, novos meses, novos bimestres...muito embora talvez com a mesma intensidade com que foi o ano de 2008.

Me pergunto se há motivos para comemorar..

Sei que existem muitos motivos para agradecer a DEUS, mas comemorar estou para ver.

Em 2009 desejo ser mais profissional, mais amador, mais filho, mais irmão, mais estudioso, mais tudo.

Quero trilhar os caminhos de DEUS que são mais altos que o meu.

Quero clamar a misericórdia Divina, como aquele rapaz que batia ao peito reconhecendo seu status de pecador.

Em 2009, ano ímpar, quero fazer diferente, ser diferente.

Se vou conseguir ou nao, depende do Nazareno, e depende de mim...

Boas lutas em 2009!!!

18 dezembro 2008

Marca da Promessa

Tenho a marca de tantas coisas.

Marcas interiores de dores, de amores, de sabores e dissabores, alegrias e tristezas, de fé e de proezas.

Agora me inventaram mais uma, a da promessa, e essa, a quem se interessa, digo sem pressa, nem sei do que se trata.

Pois as marcas que tenho, ou que senti ou vivi, são únicas e experimentadas apenas por mim.

Tenho a marca de tanta gente, tanta coisa, tanto sentimento, tanto momento, tanto...

02 dezembro 2008

Grato

Agradeça a Deus.

Apesar de ser quem és, Deus ainda assim faz chover sobre seu quintal e o quintal dos outros.

01 dezembro 2008

Quem saberia

Quem mais sabe de mim, não sou eu.

Afinal, para saber de mim, preciso conviver comigo.

Sem o convívio com meu eu interior, serei eu, o exterior um desconhecido de mim mesmo.

Quem sabe de você, além de você mesmo?