28 dezembro 2009

Longe de casa

Por quase uma semana.

Os recursos digitais são escassos neste país.

Muitos não tem internet e quando tem, nem prestar presta.

Se perto de mim mesmo e do meu lar as dificuldades me atormentam, quiçá longe.

O Filho do Homem, que glorificou ao seu pai, e disse ser EU SOU, também ensinou que quem é de Deus, o segue.

E ainda, indicou praticar as boas obras que o pai lhe ensinou, dizendo que deveríamos segui-lo.

Talvez ele nunca tivesse pensado no tempo presente, a modernidade.

Pois sim, ele nos colocou em apuros.

Agora, em pleno século XXI quem quiser seguir ao Messias, precisa ser bom, amável, puro, santo, não dado a vinho, não cobiçoso, bom governante de sua família, não caluniador, não mentiroso, não ladrão, não homicida.

Mas sim amar incondicionalmente, de olhos abertos ou fechados e o principal: SAIR SEMPRE NO PREJUÍZO.

Em 2010, espero que eu me despoje mais, assim como você, que queira seguir ao Cristo.

Dê tudo o que teM, ofereça a outra face, ande mais uma milha, empreste sem esperar receber de volta, dÊ ao que te pede, ele ousou dizer, a mim e a você.

Aquele que tem ouvidos para ouvir, olhos para ler, que ouça, e leia.

Desejo a 'nosotros' muito despojamento, em nome de Jesus, o Rei, que foi servo, para tirar o pecado do mundo.

08 dezembro 2009

Conscientize-se.

Dias atrás, quase bati o carro, Flamengo campeão, sinal aberto para minha passagem, segui em frente.
Um indivíduo, talvez torcedor do Coxa, resolveu furar o sinal, logo na minha passagem.
Um alfinete, foi a distância que separava meu carro do carro do colega, após freiadas bruscas e contorcionismos para não bater.
Como se nada acontecesse, engatou a primeira, e fiquei a ver sua imagem diminuir no horizonte.
Essa é mais uma história de livramento, por parte do Divino, ou de minha sorte, como queira, em que a falta de compromisso de um, pode gerar danos a terceiros.
Não sei se é somente no Mato Grosso, mas vejo certa dificuldade nos motoristas em se manterem parados no sinal de PARE e ainda mais, eles não foram ensinados sobre a função da seta, devem defini-la como luz para boate, só se for.
Respeitar as leis de trânsito, sejamos motoristas ou pedestres, faz parte de educação, dada pelos pais, e ensinada nas leis, campanhas educativas e escolas.
Presume-se que devemos respeitar o próximo, o direito alheio, a vida humana e sua dignidade, para o fim de sermos bons, no que fizermos.
Vamos deixar de ser porcos, jogando lixo no chão, não respeitando sinais de trânsito, beber e dirigir, desrespeitar crianças e velhinhos, ou seja, vamos aprender a sermos humanos.


Pois isso é bom.

01 dezembro 2009

Trabalho e sabedoria.

Em meio ao meu meio século de história, sinto que poderia ser alguém melhor.
Melhor em minhas dores, meu trabalho, meu estudo, meu coração.
Embora o trabalho seja enfado da carne, como dizia o Pregador, ainda vejo que trabalho pouco.
Minha vaidade me entristece, pois mesmo sendo bem sucedido não conseguirei usufruir como se deve.
Mesmo querendo adquirir conhecimento, sei que isso aumentaria meu trabalho e o enfado.
Como administrar isso? Como ser vencedor sem ceder às vaidades das vaidades?
Se o seu caso é de alguém sem muitas aspirações, estas mais perto do que imagina, a depender das vaidades do teu coração.
Já se sonha com lugares altos, conhecimentos genéricos e específicos, depende-se dos seus olhos.
Pois se seus olhos são bons, todo seu corpo será bom/terá luz, se forem trevas, quão grandes trevas serão (Mateus 6: 22/23).
O caminho para humildade se resulta no reconhecimento das falhas e vontade de não ceder ao erro novamente, creio eu.
Então, vi eu que a sabedoria é mais excelente do que a estultícia, quanto a luz é mais excelente do que as trevas. Os olhos do sábio (estão) na sua cabeça, mas o louco anda em trevas; também, então, entendi eu que o mesmo lhes sucede a todos.”Eclesiastes 2:13-14.