12 março 2007

O poder das palavras

Tiago:

3:8 Mas nenhum homem pode domar a língua. É um mal que não se pode refrear; está cheia de peçonha mortal.

3:9 Com ela bendizemos a Deus e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus
.

Há quem diga que é impossível ao homem conter as palavras.
Também já ouvi dizerem que palavras tem poder.
Provérbios diz que é muito boa a palavra dita ao seu tempo.
É certo que muitas vezes proferimos palavras que nos trazem arrependimento posterior.
Temos que vigiar para falar no tempo devido.
E até para conter nossa língua.
Fazendo assim, evitaremos muita dor, sofrimento e decepções.
Não é fácil, mas quem disse que seria?
Vale a pena pelo menos tentar.
É uma batalha diária, árdua e constante.
Deus nos dê Graça.

2 comentários:

Lou Mello disse...

Uma vez fiz um voto de silêncio. Só consegui deixar de falar para fora.

Pedro Negret disse...

Texto massa Wander!Minha mãe vive falando que "nao da conta de passar por Tiago 3".
Blog massa!
Abraço!