04 agosto 2007

Não adianta

O mundo não vai mudar.

A violência, desigualdade, prostituição, e tudo o mais só tende a piorar.

As mulheres nunca olharão para os bonzinhos.

As crianças sempre preferirão os vilões, vindos do inferno.

Os velhos, sempre resmungarão acerca da vida.

Os novos, sempre cometerão mais idiotas idiotices, que já vivem cometendo.

Sempre nos esqueceremos de quem merece valor.

E sempre enaltaceremos os que valor não tem.

E não adianta dizer que antigamente era diferente, só era um pouco melhor.

A humanidade enquanto dominadora do Planeta Terra está a se extinguir.

Pouco a pouco caminhamos rumo ao caos.

Talvez seja essa a geração da figueira.

Casamo-nos e damo-nos em casamento, como os dias de Jó.

Coloca-se a esperança em tudo, menos no Salvador.

Poucos estão seguindo os passos do Mestre Galileu o Cristo Messias.

E mesmo que o IDE esteja em todo o mundo, inclusive na tão famosa janela 10/40.

O ideal é ouvir a doce voz do Espírito.

E desta relação Espírito Divino - espírito humano, originar uma completa mudança e renovação em nossas mentes.

Não sei pra onde temos ido, enquanto seres humanos.

Só clamo a Deus pela SUA infinita misericórdia.

Como àquela que teve em Nínive.

Mas para isso é preciso um Jonas.

Que pode ser eu, ou ser você.

Para saber, é só fugir da vontade do Divino e cair na boca de um grande peixe.

Um comentário:

Lou Mello disse...

Tenho compulsão pela barriga do peixe, como você sabe. Ai de mim, sair fazendo a vontade de Deus. Todo mundo sabe como Ele é exigente e detalhista. Um erro e pimba, lá se vai o pescocinho.