27 maio 2007

Fogo

"...; e o fogo provará qual seja a obra de cada um." 1CO 3:13b

O fogo neste sentido figurativo tem esse condão, provar-nos.

Algo ou alguém que não possui fundamento, raiz, valor e nem o quer, irá se queimar.

Já pessoas valiosas, ao serem provadas pelo fogo, assim como o ouro e o diamante que se purificam em altas temperaturas, irão se aperfeiçoar, purificar, crescer, amadurecer e receber seu devido galardão.

Sei que como seres humanos somos inconstantes, e não há um sequer que permanece firme sempre.

Mas tenho que reconhecer que há aqueles que apesar dos escorregões possuem ainda assim um temor a DEUS e gostaria de andar em conformidade com o Divino.

Estes, creio eu, ao serem provados ao fogo, sairão aperfeiçoados em Cristo Jesus, para que joelhos vacilantes não vacilem mais.

Não custa lembrar que mesmo sendo de grande valia, a purificação não é indolor, tampouco livre de problemas e preocupações.

Por fim, creio que todos são lançados ao fogo, alguns sobrevivem, outros não.

Depende de em quem ou o que eles esperam e confiam.

Nós por aqui confiamos no Cristo Jesus o filho do DEUS vivo.

Um comentário:

Lou Mello disse...

Mas que o fogo queima doido, isso é mesmo verdade. Huiui!
Minha crença liberal pende para a Graça incondicional, irresistivelmente.