20 janeiro 2007

Por enquanto só um dos meus textos antigos...

Existe algo que se chama discernir. Isto trata-se da capacidade humana de pensar, absorver e entender o que se passa em uma dimensão real, porem verdadeira.

Nós somos seres humanos, e este simples fato implica que temos a lucidez e capacidade que nenhum outro animal tem. Os animais agem por instinto, por sobrevivência, claro que isso não implica que devam ser maltratados, mas o homem ( ser humano) tem a diferença de ter o condão de domínio sobre toda a espécie de animais (Gênesis 1:26), tanto o tem e é, que temos hoje toda sorte e espécies de criações humanas, bem como construções gigantescas e até mesmo as de simples moradia.

Algo que se faz importante salientar neste aspecto é tentar entender (discernir) como chegamos a um ponto tamanho, que cerca de 10% da população mundial detém cerca de 90% das riquezas e nesta tão famosa e elogiada globalização somos criados e ensinados como animais irracionais a não dividir nem sequer um pedaço de pão em favor dos de nossa própria espécime.

O que é engraçado até, e talvez sério ao extremo é que no próprio versículo 26 e também no seguinte de Gênesis, a bíblia diz que o homem ( Ser Humano) foi criado a imagem e semelhança de Deus. Uns dizem que o efeito pecado atingiu o homem de tal maneira que este tornou-se insensível às coisas de Deus e, como a própria bíblia diz as coisas espirituais somente se discernem pelo Espírito.

Talvez sempre foi assim, ou talvez somos a geração da figueira vendo os sinais que estão se cumprindo em relação ao fim dos tempos, princípio das dores elencados por Jesus Cristo.

Sinceramente não sei, só peço a Deus que aqueles dias sejam de intensa misericórdia Divina em face a nossas vidas ( da humanidade) que praticam o mal e agimos pior as vezes do que um animal irracional, sem saber o que seja discernir.

No amor de Deus o Pai

W.

Nenhum comentário: