28 janeiro 2008

Vinculos e Liberdades

Sou adepto da liberdade, desde a livre-iniciativa até a livre-decisão.

Mas sei que a coisa funciona somente através do vínculo, ou sistema vinculativo.

Somente se faz o que está no parâmetro, somente se almeja o que já possui algum arcabouço.

Estar vinculado a algo ou alguém é seguro, porém depreciante.

Em contrapartida, escolher o que se quer, necessita de discernimento e uma certa vinculação a princípios informativos e regulamentares.

Pois ser livre, imbui ser dependente.

Quando sou independente financeiramente, sou dependente do meu emprego.

E por aí vai.

Ser livre, então, implica em se ter um vínculo.

Escolher a liberdade, é difícil, mais fácil é escolher o vínculo correto.

Nenhum comentário: