23 janeiro 2008

A Perda de Algo

Dentre as possibilidades de intervenção do Estado na propriedade privada, encontra-se a desapropriação ou expropriação.

Nesta, que se dá por interesse social, utilidade pública ou necessidade pública, o Estado, mediante indenização, retira do poder do bem o próprio dono, e com isso, passa a ser o proprietário do mesmo.

Tem-se que observar se a função social da propriedade está sendo cumprida, pois se sim, não poderia haver expropriação.

Imagino que perder um bem não deve ser agradável.

Mais ainda, percebo que o Mestre nos ensinou que se nos tirassem a capa, deveríamos dar também a túnica.

O Cristianismo tem um lado até então não explorado pelos assim chamados.

Esse lado, se encontra em grande parte nos ensinamentos de Jesus em um Monte.

E os ensinamentos, embora sejam pesados, não são pesados.

Parodoxo ou contradição? Não sei. Mas o que sei é que estes, devem servir como parâmetro para uma vida mais saudável.

Nenhum comentário: