14 novembro 2007

Barrabás

Ouvindo uma música caiu uma ficha a respeito de Barrabás.

Faz todo sentido as palavras do Mestre em dizer que não veio para os sãos, mas sim os doentes.

Barrabás era um doente.

E Cristo, absorveu a pena que o pertencia.

A cruz fora feita nos moldes de Barrabás.

A pena era para ser cumprida por Barrabás.

No entanto, este, em talvez seu único encontro com o Mestre, obteve a liberdade.

O puro pelo impuro.

O santo pelo assassino.

A troca foi feita.

Não somente por Barrabás, mas por mim e por você.

Nenhum comentário: