04 janeiro 2010

Circuncisão

Paulo, o apóstolo que viu a Jesus no caminho de Damasco, deve ter provado da circuncisão.

Esta, tradicionalmente, era formalizada no oitavo dia de vida do menino.

Sendo judeu, fariseu e discipulado por Gamaliel, de acordo com a tradição judaica, possivelmente provou daquilo que em Gálatas capítulo 5 ele mesmo reprova.

Reprova sim, quando diz que a lei, para quem a guarda, com a circuncisão, de nada se aproveita Cristo.

Pois Cristo é a graça, que alcança a todos, mediante a fé que opera em amor, e não pela lei judaica que é ineficaz, visto que quem quiser cumprir a lei, se cair em um preceito, infringe toda a legislação.

O resultado é andar em amor, operando a fé servindo uns aos outros, em auxílio, para que em Cristo nos ajuntemos e possamos produzir bons frutos.

Nada de lei, regras, preceitos. Tudo de Cristo Jesus, o Senhor, mediante a fé, o amor e a esperança.

Nenhum comentário: