04 novembro 2009

Digitalização

O acesso a era digital está cada dia mais acessível.
A prefeitura de Cuiabá-MT vai proporcionar internet de graça para bairro carentes (sem fins eleitorais, por óbvio).
Não são poucos os municípios que tem repetidos tais passos.
Vovôs e vovós estão dividindo computadores com netos e netas.
Chegará um dia que o papel não existirá, e a era digital será uma realidade.
Não consigo me desvincular do fato de que no passado não remoto, não existia nem metade da tecnologia atual.
Talvez seja a multiplicação da ciência dita no livro bíblico de Daniel, ou a preocupação egoísta humana em conquistar por conquistar tão rechaçada nas escrituras judaico-cristãs.
Jesus, por mais simples homem que foi, demonstrava inteligência acima do normal na época, e deixou ensinamentos que ainda hoje, são totalmente aplicáveis.
Nesse sentido, o antigo completa o novo. Sem os princípios basilares formados na história da humanidade, viver em sociedade, seja em que era for, será impossível.
Por isso, sem deixar de dar uma olhadinha nas novidades tecnológicas e digitais que surgem, devemos olhar para trás, afim de ver o bom testemunho de antigos.
Lembrar do passado, seguir o presente, pensar no futuro.

Um comentário:

Lou Mello disse...

Querem os pensadores pós modernos uma população pensante, mas limitada ao presente. Nada de lembranças ou planos para o futuro.