03 junho 2009

Salvem a coletividade.

A coletividade está em extinção.

Em seu lugar, assume o individualismo.

Viver em comunidade nada tem a ver com proteger a coletividade.

E, por mais que vivamos em comunidades, até mesmo frequentemos reuniões, há vistas grossas quanto ao coletivo, bem comum.

Manifestações individuais ferem a harmonia, a pureza e hombridade de se respeitar o coletivo, o que é de todos, a unidade.

Em cultos, em reuniões de condomínio, em salas de aula, em ambientes de trabalho ocorre isso.

Tomemos cuidado com as experiências pessoais em detrimento do coletivo.

No âmbito cristão, o apóstolo Paulo sempre defendeu tal preservação, a ponto de não comer por ocasião dos escandalos.

Penso assim.

Salvem a coletividade.

Nenhum comentário: