27 março 2008

Contraposição

A pré-disposição ao erro é inerente ao ser.

Me questiono, e creio que não só eu, como seria uma coisa sem o seu contraposto.

Como seria o bom sem o ruim ou o preto sem o branco.

Na atualidade ser, nada é e ter, tudo é.

Quando se erra ou se leva alguém ao erro, plantamos uma sementinha.

E ela vai crescer e gerar frutos, ou a coisa complica ou talvez melhore.

Como de bobo tenho até o jeito de andar, e me é assegurado liberdade de opinião e manifestação, opto por blogar besteiras por aí e comentar as maravilhas que meus irmãos blogueiros postam.

O salário do pecado é morte.

O dom da vida é de graça.

Alcança a todos.

E ao mesmo tempo a alguns.

Tenho medo de estar longe.

E também de muito perto.

Na contraposição dos sentidos, o equilíbrio faz o trilho.

Que por sua vez, faz o trem andar.

Nenhum comentário: