14 julho 2007

Adoração

Adoradores em Espírito e em verdade, são procurados por Deus.

Não da maneira como é ensinada, creio.

Mas sim com a simplicidade do Cristo Senhor, que sendo Deus se fez humano.

Esvaziar-se da condição em que se encontra pode ser parâmetro para ser encontrado pelo Divino.

A sociedade atual possui dogmas, crenças, moralidades, conceitos, ainda diferentes dos elencados nas escrituras sagradas.

Inclua-se dentro disso até mesmo algumas "igrejas".

Criticamos quem se diz detentor da verdade, mas agimos como se a "verdade" fosse de nossa propriedade.

Os "detentores da verdade" também existiam na época do Mestre.

Jesus Cristo, o Deus encarnado, disse que Ele é a própria verdade, e complementa que ninguém vem ao Pai a não ser por Ele.

Certa vez iriam apedrejar uma prostituta, ao passo que o Mestre disse que quem tivesse pecado que atirasse a primeira pedra.

Ninguém se atreveu.

Hoje temos até corajosos atirando pedras por aí.

Também alguns poucos prudentes que discernem e vivem os ensinamentos deixados.

Nossa alma mesmo que longe dos caminhos de Deus, sendo pobres e desprezíveis pecadores, pode ser transformada de trevas em luz, como diz o hino.

É só esperar Àquele que estendeu as suas mãos para nós.

"Eu era pobre, perdido, sem Deus, sem Jesus, quando Jesus estendeu suas mãos para mim (...)"

Nenhum comentário: