17 abril 2007

Derrotas

Aprendi ainda em adolescência que não há derrota que derrote quem nasceu para vencer.

Sempre achei que eu tinha nascido para vencer, porém, sem as qualidades que eu achava necessárias para eu mesmo me completar, a saber, ter.

Tem pouco tempo que adotei em mim a idéia de que somos iguais, não sou melhor nem pior que ninguem, e que a característica de um vencedor é conseguir ser, ser humano.

Em meio as derrotas que, invariavelmente, surgiram em minha vida, até hoje, tenho aprendido que devo ter bom ânimo, levantar a cabeça, seguir em frente.

Pois somente indo em frente, conseguirei vencer, mesmo com os machucados e com os obstáculos futuros.

Ir em frente = Seguir a Jesus Cristo Nazareno.

Um comentário:

Lou Mello disse...

Gostei do conceito de vitória. Realmente não somos diferentes dos outros.