20 abril 2007

Chove, Chuva

Ao cheiro e som da chuva
Caem gotas do céu
Choro Divino, dizem
Efeito natural, afirmam
Limpando tudo aqui embaixo
Arrastando tudo pela frente
Purificando ambientes
Refrescando o lugar
E a chuva a cair
Meu Deus, pra onde ir
Resta procurar abrigo
Ou na chuva se molhar
A chuva ta gelada
Mas na madrugada
Ela veio me limpar
Quando a chuva, chove
Além de nos molhar
Nos traz no luar
A arte de esperar
Esperar ela passar
Para ver o sol nascer
E começar a goteirar
Pois quando goteirar
O sol forte estará
E no rosto se sentirá
Paz e conforto no ser
Sempre temos que aprender
Que quando a chuva, chover
Ela vem nos limpar.

Nenhum comentário: