09 fevereiro 2007

Escreva também

Escrever.

Pra mim tem muitas utilidades, desabafar e extravasar são algumas delas.

Tá certo que tem muita coisa que escrevo, depois de um tempo, eu leio e não reconheço.

Minha mente tem andado muito por aí nesses últimos dias. Viajando na maionese. Sonhando com a possibilidade – talvez remota – de reerguer-me, ou melhor dizendo readequar-me à vida.
Como dizem, tudo dá certo no final, ou, sempre há um final feliz.

Tomara, não quero andar só, quero poder amar e ser amado, ser melhor que sou e sei que posso ser.

Dar o que resta da minha juventude à minha amada, que ainda não fora revelada, mas que no devido tempo creio que será.

Sonho com uma vida não ausente de problemas, porém com sabedoria e paciência necessária ao bom desempenho da mesma.

Sonho em ser mais amável, comunicável, acessível, entendível, humilde e também que eu possa ter em mim mais da essência daquele que entendo ser o salvador da humanidade, com todo o entendimento inerente a Ele.

Sonho em ser menos eu, mais Jesus Cristo.

Sonhe também, é bom, trata-se de uma capacidade dada por Deus, ainda não descobri o motivo, mas sei que fará bem a mim, e a você.

Deus lhe abençoe.

Nenhum comentário: